Connect with us

BLOCKCHAIN

Terminologia das Cripomoedas

Terminologia das Criptomoedas

Alcoins – Moedas alternativas a Bitcoin.

ATH – (All-Time-High) Mais alto de todos os tempos.

AMA – (Ask Me Anything) – Pergunte-me qualquer coisa.

BEARISH – (vendedores) Os investidores que acreditam que o preço das ações vão cair são considerados de pessimistas. Expectativa de que o preço vai diminuir.

BULLISH – (compradores) São os investidores que acreditam que o preço das ações vão aumentar com o tempo são considerados otimistas. Expectativa de que o preço vai aumentar.

BUYING THE TOP – comprar quando a moeda está no topo da sua valorização.

DAO – (Decentralized Autonomous Organization) Organização Autónoma Descentralizada. Às vezes rotulada de corporação autónoma descentralizada (DAC), é uma organização representada por regras codificadas como um programa de computador transparente, controlado pelos acionistas e não influenciado por um governo central. O registo das transações financeiras e as regras do programa de um DAO são guardadas numa blockchain.

DAPP – Aplicativo descentralizado. Refere-se a um aplicativo que utiliza um contrato inteligente (smart contract) que são executados num sistema de computação distribuída. Os DApps foram popularizados por tecnologias de contabilidade distribuída (DLT), como o Ethereum Blockchain, onde os DApps são frequentemente chamados de contratos inteligentes.

DeFi Finanças descentralizadas (Decentralized finance). Refere-se a uma nova forma de financiamento digital, descentralizado e garantido por ‘blockchain’ para permitir que as pessoas tenham controle total sobre as suas finanças ao aceder a serviços financeiros, como crédito, empréstimos, pagamentos, seguros, operações com derivativos e muito mais.

DEXs – DEX (Decentralized peer-to-peer Exchange)  é uma plataforma descentralizada de compra e venda de criptomoedas de pessoa para outra, sem a necessidade de transferir as suas moedas para uma instituição intermediária garantindo o controlo total das suas moedas, impedindo o risco de perda ou roubo das mesmas. Também impede a manipulação de preços ou volumes de negociação falsificados através de negociações de lavagem e sendo também mais anónimo.

DCA – (Dollar Cost Averaging) Média do Custo do Dólar. Utilizado para reduzir a volatilidade das moedas de mercado, distribuindo compras e vendas por um período mais extenso. Um investidor faz várias compras seguidas para poder equilibrar a sua carteira. Para não ter grande discrepância nas compras efectuadas.

ESCROW – O ato de manter fundos ou ativos numa conta de terceiros para protegê-los durante uma transação assíncrona.

FAUCET –  É um sistema de recompensa para criptomoedas, através de um site ou aplicativo, que recompensa na forma de um satoshi (que é um centésimo de um milionésimo de BTC), os utilizadores que reivindicarem essas moedas, em troca tem de completar um captcha ou tarefa(s) conforme descrito pelos projectos.

FOMO – (Fear Of Missing Out) Medo de não entrar no investimento. A sensação avassaladora de que precisa comprar quando o preço de alguma cripto começa a subir rapidamente.

FIAT – Moeda emitida por um governo, como, por exemplo, o dólar dos EUA.

FUD – (Fear uncertainty and Doubt ) Medo, Incerteza e Dúvida. Negatividade infundada propagada intencionalmente por alguém que quer que o preço de alguma cripto caia.

FUDster – Alguém que está a espalhar o FUD.

GAS – Uma medida de quanto processamento é exigido por uma rede para processar uma transação. Transações simples, como o envio de moedas para outra carteira, normalmente não exigem muito gás. Transações mais complexas, como a implantação de um contrato inteligente, exigem mais gás.

GWEI – Outra denominação para Ether. Os preços do gás são frequentemente medidos em Gwei. 1 Ether = 1000000000 Gwei. (109).

HARD FORK – São típicos no mundo das criptomoedas, e este termo refere-se à alteração da estrutura de blocos subjacente uma criptomoeda. Criando outra moeda, mas com melhoramentos que podem ser como, por exemplo, a velocidade de processamento mais rápida em comparação a moeda copiada.

HASH – O hash é um termo para o processo matemático que transforma uma quantidade variável de dados e produz uma saída de duração mais curta. Os hashes são números grandes e geralmente são gravados como hexadecimais.

HODL – Foi alguém que estava bêbado num fórum sobre Bitcoin e fez um post com este erro de ortografia no lugar de “hold” (manter) escreveu hodl. Acabando em meme.

ICO – (initial Coin Offering) Oferta inicial de moeda, um pouco como uma Oferta Pública Inicial (IPO) no mercado de ações. Um ICO é utilizado para angariar dinheiro para um novo projeto de criptomoeda, oferecendo uma quantidade definida de moedas para o investidor. Esta oferta inicial de moedas está disponível a um preço base, após o qual o preço irá flutuar com base na oferta e procura.

KYC – (Know your customer) – Conheça o seu cliente. É o processo de verificar a identidade de uma pessoa e avaliar os riscos potenciais de intenções ilegais para o relacionamento comercial.

LAMBO – O que todos vamos comprar quando formos ricos com as criptomoedas.

MARKET CAP – A capitalização de mercado é uma maneira de classificar o tamanho relativo de uma criptomoeda. É calculado multiplicando o Preço pelo Fornecimento disponível de moedas no mercado (Market Cap = Price X Circulating Supply).

MARKET MAKER – Às vezes chamados de “fornecedor de liquidez”, fazem exatamente isso – Criam mercados e fornecem liquidez. O seu papel no mercado financeiro é importante. Eles são os que ajudam a fornecer aos outros traders liquidez de moedas a um ritmo mais satisfatório, ao mesmo tempo, em que ajudam a reduzir o risco de liquidez.

MINING – O ato de gerar novas moedas (bitcoins) resolvendo problemas criptográficos utilizando computadores com grande capacidade de processamento.

NODE – Um nó é um computador numa rede que possui uma cópia do blockchain, que é, em essência, a base da tecnologia, permitindo que funcione e sobreviva. Os nós são distribuídos por uma rede ampla e executam várias tarefas.

POS – (Proof-of-stake) Uma alternativa à prova de trabalho, em que a sua participação é na forma de “voto” para gerar consenso na rede para calcular o valor da moeda e evitar grandes gastos em eletricidade e tornar a rede mais eficaz.

POW – (Proof-of-Work) Prova de trabalho. O algoritmo de consenso utilizado pelos mineiros que executam cálculos antes de os blocos serem aceites na rede blockchain de cada criptomoeda para serem recompensados em moedas.

PUMP and DUMP – Uma altcoin recebe de uma vez um grande e rápido aumento de preços, e depois, claro, seguido por um enorme crash.

ROI – (Return on Investment) Retorno sobre o investimento. A percentagem de quanto dinheiro foi ganho em comparação com um investimento inicial. (ou seja, 100% de ROI significa que alguém duplicou o dinheiro).

SHARDING – Uma solução em escala para blockchains. Normalmente, todos os nós de uma rede blockchain guardam uma cópia completa do blockchain. O sharding é um método que permite que os nós tenham cópias parciais do blockchain completo para aumentar o desempenho geral da rede e as velocidades de consenso.

SHITCOIN – Criptomoeda que não presta. Existem várias maneiras de descobrir se a moeda é boa ou não para investir: Se a equipa prometer coisas que não podem cumprir, se diz que está garantido grandes retornos, se a equipa é anónima pode querer dizer alguma coisa (em alguns casos não), nenhum plano de negócios, ou produto desenvolvido, apresentar ideias com grandes objectivos e praticamente impossível de conseguir.

SHORTING – Vender uma criptomoeda na esperança de comprá-la a um preço mais baixo num momento posterior para obter lucro.

STABLE COIN – Uma Stable Coin(moeda estável) é uma criptomoeda que possui um valor estável. A moeda é “atrelada” a outro ativo estável, como o dólar americano, euro ou ouro, por exemplo. Ao contrário dos tradicionais ativos estáveis, uma criptomoeda estável é global e não está vinculada a um banco central.

TOKEN – Tem várias definições, pode referir-se à “moeda” de valor (como Bitcoin), tokens de segurança (string de números criptografados) ou tokens de utilidades (que tem valor na utilidade não apenas trocam valor).

TO THE MOON – (Até a Lua) É quando uma comunidade de apoiantes de uma determinada moeda acredita que essa moeda vai tornar os investidores milionários.

VOLATILITY – A medição dos movimentos ascendentes de descendentes de preços ao longo do tempo de uma moeda negociada.

WASH TRADING – refere-se ao processo em que um trader gera atividade enganosa e artificial, comprando e vendendo uma criptomoeda para si. Isso, por sua vez, cria um volume de negociação falso e inflaciona muito a aparência da demanda. É uma forma de manipulação de mercado e tem como objetivo enganar os outros traders.

WEI – A menor denominação para Ether. 1 Ether = 1000000000000000000 Wei (1018)

WHALE – Alguém que possui quantidades absurdas de criptomoedas

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Tendências

Translate »